A essência da oligarquia e os impasses dos governos de coalizão

Por Jeferson Miola Este texto é constituído de duas partes. A primeira, apresentada a seguir na seqüência de 10 tópicos, pretende abordar a essência da oligarquia brasileira; sua natureza autoritária, rentista e patrimonialista e, em consequência disso, sua incapacidade de dirigir a construção de uma nação democrática, soberana e igualitária. Na segunda parte, se busca… Leia mais A essência da oligarquia e os impasses dos governos de coalizão

Escolha de Moraes só é explicável num regime de exceção

Por Jeferson Miola A rigor, o usurpador Michel Temer não tem legitimidade para indicar o juiz que deve ocupar a vaga aberta no STF com a morte de Teori Zavascki. Temer não é um presidente eleito legitimamente; é um conspirador que tomou de assalto o Palácio do Planalto com sua turba corrupta, branca e masculina,… Leia mais Escolha de Moraes só é explicável num regime de exceção

A insensatez da maioria do PT no Senado

Por Jeferson Miola A democracia é a questão que organiza, classifica e divide a sociedade brasileira hoje – não só na política; mas, sobretudo, na vida. Num lado, agrupam-se aqueles segmentos que estão na resistência democrática e popular em defesa da democracia, do Estado de Direito, das Leis, da Constituição e das conquistas do povo… Leia mais A insensatez da maioria do PT no Senado

LULA RÉU E NARDES E RBS INOCENTES É PURO DELÍRIO FASCISTA

 Por Jeferson Miola O ministério público denunciou Lula novamente. Com a aceitação da denúncia pelo judiciário, que era previsível, Lula passou a ser passou réu na Operação Zelotes por “tráfico de influência (três vezes), lavagem de dinheiro (nove vezes) e organização criminosa” [sic]. Para os advogados do ex-presidente, a denúncia “é fruto de novo devaneio… Leia mais LULA RÉU E NARDES E RBS INOCENTES É PURO DELÍRIO FASCISTA

Perguntas a Janot e seus colegas acima da lei

A postura de procuradores, juízes e policiais que se julgam acima da lei é uma afronta ao Estado de Direito. Por Jeferson Miola A reação dos procuradores da Lava Jato às mudanças no Projeto de Lei anticorrupção revela o temperamento totalitário e nefasto dos setores que dominam o Ministério Público. A Câmara dos Deputados, bem… Leia mais Perguntas a Janot e seus colegas acima da lei

Barbárie jurídica, golpe eleitoral e desobediência civil

Por Jeferson Miola O Estado de Direito no Brasil foi abastardado. Seria suicida desconhecer que o país está sob a égide de um regime autoritário, de exceção. Não é necessário haver o exercício de poder pelas forças armadas para caracterizar a excepcionalidade e o autoritarismo de um regime. As instituições do Estado – Ministério Público… Leia mais Barbárie jurídica, golpe eleitoral e desobediência civil

Aquarius, a resistência censurada

Por Jeferson Miola Aquarius é exuberante em significados. É impossível não ser tocado pela mensagem transmitida com sensibilidade e inteligência pelo diretor Kleber Mendonça Filho. É uma obra que será eternizada, ainda que pareça datada neste momento medonho e triste da política brasileira. O substrato principal da história é a resistência de Clara, a personagem… Leia mais Aquarius, a resistência censurada

Gilmar Mendes Precisa de Exame Anti-Doping

Por Jeferson Miola  Gimar Mendes parece acometido de alguma síndrome de delírio. Segundo o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, delírio é um substantivo masculino que significa “1 [psicop] convicção errônea baseada em falsas conclusões tiradas dos dados da realidade exterior, mantida por uma pessoa, ainda que a maioria dos membros do seu grupo pense o… Leia mais Gilmar Mendes Precisa de Exame Anti-Doping

Se não anular o impeachment, o Supremo será cúmplice de Cunha

Por Jeferson Miola A decisão unânime dos 11 juízes da Suprema Corte pelo afastamento de Eduardo Cunha pôs a nu um fato político e jurídico de enorme transcendência: “o Deputado Federal Eduardo Cunha, …, além de representar risco para as investigações penais sediadas neste Supremo Tribunal Federal, é um pejorativo que conspira contra a própria dignidade… Leia mais Se não anular o impeachment, o Supremo será cúmplice de Cunha

O simulacro da normalidade golpista no Senado

Jeferson Miola A farsa do impeachment começou o segundo estágio. Ontem, 26 de abril, o Senado instalou a Comissão Especial que será presidida pelo peemedebista Raimundo Lira, da Paraíba, e terá como relator o tucano Antonio Anastásia, conterrâneo e aliado de Aécio Neves. O Senado fará um esforço monumental para desfazer a imagem dantesca da “assembléia… Leia mais O simulacro da normalidade golpista no Senado