1,35 milhão de brasileiros foram às ruas para defender a Democracia

Os espaços públicos mais conhecidos de todas as capitais e cidades grandes do País receberam, nesta sexta-feira (18), protestos em favor da Democracia, contra o golpe à presidenta Dilma Rousseff e a perseguição judicial e midiática contra o ex-presidente e ministro da Casa Civil Luiz Inácio Lula da Silva. Mais de um milhão e 350 mil pessoas saíram às ruas.

O maior dos atos ocorreu na avenida Paulista, em São Paulo, onde 500 mil manifestantes tomaram toda a extensão do cartão postal paulistano para mostrar solidariedade ao PT

PINT1971a-600x454
Lula na Paulista

. O ex-presidente discursou em cima de um carro de som e reafirmou seu compromisso pela democracia. “O que vocês estão fazendo hoje na Paulista é uma lição sobre a capacidade do povo brasileiro”, exaltou, recebendo aplausos emocionados como resposta.

 

Em Porto Alegre, Brasília, Fortaleza, Salvador em diversas outras capitais também houve grandes protestos contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e a perseguição inconstitucional do juiz Sérgio Moro.

Recife-480x600
Recife

No Recife, 200 mil pessoas foram às ruas, formando um tapete humano interminável para quem via do alto dos prédios. Na capital da Bahia, 100 mil soteropolitanos mostraram repúdio à tentativa de golpe. No Rio de Janeiro, os manifestantes pediram a saída de Eduardo Cunha e a atriz Letícia Sabatella leu um poema aos presentes.

 

Fora do País, houve manifestações de apoio ao PT em Lisboa, Paris, Londres e Berlim.

manifestacao-paris
Paris