O Facebook não protegeu 30 milhões de usuários de terem dados acessados por uma das empresas da campanha de Trump

Mattathias Schwartz Em 2014, as primeiras informações sobre uma pesquisa inusitada, ligada ao Facebook, começaram a aparecer na Internet, em fóruns acessados por freelancers da Mechanical Turk, a plataforma da Amazon que recruta pessoas para desempenhar “tarefas de inteligência humana”. Os turkers, como são conhecidos, realizam pequenos trabalhos repetitivos, como identificar imagens pornográficas ou procurar endereços… Leia mais O Facebook não protegeu 30 milhões de usuários de terem dados acessados por uma das empresas da campanha de Trump