Padre Antônio Vieira: Obra Completa

vieira 3

A língua portuguesa nunca foi mais bela que quando a escreveu esse jesuíta.
José Saramago

A Significação do Personagem do Padre Antônio Vieira

O padre Antônio Vieira é das personagens mais importantes da história do Brasil e de Portugal no século XVII.

Nasceu em Lisboa em 1608. Em 1614, com seis anos de idade, Antônio Vieira vem com a família para o Brasil, destinado à Bahia.

Em 1623, no Colégio dos Jesuítas em Salvador, tirou o grau de Mestre em Artes, e entrou no noviciado da Companhia de Jesus. Em 1633, um ano antes de se ordenar, estréia no púlpito, na igreja da Conceição, BA, com o sermão: ” Maria, Rosa Mística”

Em 1634 foi ordenado e lecionou Teologia no Colégio em que se formou. Em 1641 embarcou para Portugal, onde veio a ser pregador régio, conselheiro e embaixador de D. João IV. Ele foi embaixador junto à França e à Holanda, e em Roma. Em 1649 sofreu pressão do Santo Ofício.

Em 1652, foi transferido para as missões jesuíticas do Maranhão, e aí prega e batalha em defesa da liberdade dos índios contra os colonos escravocratas. Em 1654, ele retorna à metrópole e em 1655, obtida a Lei da Liberdade dos Índios, volta ao Maranhão. Em 1661, hostilizado pelos colonos, expulso do Maranhão com outros jesuítas, volta a Lisboa.

Em 1644 D. João IV nomeia-o pregador régio, mantendo-o entre os seus conselheiros. Participa então em várias missões diplomáticas pela Europa, que lhe darão uma visão cada vez mais abrangente do mundo.

Em 1663 cai nas malhas do Tribunal do Santo Ofício, a que escapa apenas por indulto real. Parte para Roma, onde permanecerá até ao ano de 1675.

Não se sentindo bem-vindo no regresso a Lisboa, parte para o Brasil, onde já tinha vivido. Ali se dedica às suas missões, iniciando a escrita daquela a que chamava a sua obra magna – A Chave dos Profetas. Morreu em 1697.

Faleceu com 89 anos, no Colégio em que estudara e começara sua extraordinária vida de intelectual, de pregador e de cidadão do mundo.
A participação significativa em áreas múltiplas somada a elevada qualidade estética de seus escritos tem perpetuado seu nome e interesse em sua obra até nossos dias como, por exemplo, o demonstra a recente publicação em Portugal de sua Obra Completa.

A Obra Completa do Padre Antônio Vieira

A Editora Loyola, sob a direção de José Eduardo Franco e Pedro Calafate, reuniu uma equipe de 52 especialistas, portugueses e   obra2brasileiros, em Literatura, Filologia Clássica, Linguística, História, Paleografia, Filosofia, Teologia e Direito.

A edição em trinta volumes é o resultado do notável trabalho pioneiro de pesquisa e localização de todos os escritos do Padre António Vieira, levado a cabo ao longo da última década por uma equipa constituída pelos maiores especialistas luso-brasileiros.

Uma obra abrangente

Do esforço resultaram 30 volumes organizados em quatro tomos – Epistolografia, Parenética, Profética, Varia.

A Obra tem mais de 12 000 páginas, das quais cerca de 3 000 foram traduzidas diretamente do latim sendo mais de um quarto do total constituído por escritos inéditos ou parcialmente inéditos, contém fontes manuscritas e impressas. Resultou da investigação em arquivos de Portugal, Brasil, Espanha, França, Itália, México e Inglaterra.

A edição da Obra Completa de Vieira, em 30 volumes, foi já considerada o maior feito da história editorial portuguesa, pela publicação no tempo recorde de dois anos de uma obra, cuja publicação vinha sendo tentada desde há 150 anos.

Títulos da Obra Completa do Padre Antônio Vieira

TOMO I – EPISTOLOGRAFIA

vieira

 

Coordenação geral de Carlos Maduro


 

 

VOLUME I

Cartas Diplomáticas

Coordenação de Carlos Maduro

VOLUME II

Cartas Missionárias

Coordenação de Miguel Real

VOLUME III

Cartas de Roma

Coordenação de Ana Leal de Faria

VOLUME IV

Cartas de Lisboa/Cartas da Baía

Coordenação de Mary Del Priore e Paulo de Assunção

VOLUME V

Cartas Políticas

Coordenação de Ana Lúcia M. de Oliveira

TOMO II – PARENÉTICA

Coordenação geral de João Francisco Marquespadre_antonio_vieira_obras_completas_gf_20130327


 

 

VOLUME I

Sermões do Advento e Natal

Coordenação de João Francisco Marques

VOLUME II

Sermões da Quaresma

Coordenação de Aida Lemos e Micaela Ramon

VOLUME III

Sermões da Quaresma

Coordenação de Luís Filipe Silvério Lima

VOLUME IV

Sermões da Quaresma e Semana Santa

Coordenação de Valmir Francisco Muraro

VOLUME V

Sermões da Páscoa e Pentecostes

Coordenação de Mário Garcia

VOLUME VI

Sermões Eucarísticos

Coordenação de Alcir Pécora

VOLUME VII

Sermões de Nossa Senhora

Coordenação de João Adolfo Hansen

VOLUME VIII

Sermões do Rosário – Rosa Mística

Coordenação de José Paulo Abreu e Carlos Maduro

VOLUME IX

Sermões do Rosário – Rosa Mística

Coordenação de Ernesto Rodrigues

VOLUME X

Sermões dos Santos

Coordenação de Carlota Urbano, Margarida Miranda e José Carlos Lopes de Miranda

VOLUME XI

Sermões dos Santos

Coordenação de David Sampaio

VOLUME XII

Sermões de São Francisco Xavier

Coordenação de Nelson Veríssimo

VOLUME XIII

Sermões Políticos

Coordenação de Luís Machado de Abreu

VOLUME XIV

Sermões Fúnebres

Coordenação de João Francisco Marques

VOLUME XV

Sermões e Discursos Vários

Coordenação de Fernando Cristóvão

TOMO III – PROFÉTICA

padre_antonio_vieira_obras_completas_gf_20130327

Coordenação geral de Pedro Calafate


 

 

VOLUME I

História do Futuro

Coordenação de Pedro Calafate

VOLUME II

Defesa Perante a Inquisição

Coordenação de Paulo Borges

VOLUME III

Apologia das Coisas Profetizadas

Coordenação de Adma Muhana

VOLUME IV

Autos do Processo da Inquisição

Coordenação de Adma Muhana

VOLUME V

A CHAVE DOS PRO FETAS – Livro I

Coordenação de Pedro Calafate

Tradução de António Guimarães Pinto

VOLUME VI

A CHAVE DOS PROFETAS – Livros II e III

Coordenação de Pedro Calafate

Tradução de António Guimarães Pinto

TOMO IV – VARIA

padre_antonio_vieira_obras_completas_gf_20130327Coordenação geral de José Eduardo Franco


 

 

 

VOLUME I

Escritos Políticos

Coordenação de Pedro Barbas Homem

VOLUME II

Escritos Sobre os Judeus

Coordenação de Guilherme d’Oliveira Martins

VOLUME III

Escritos Sobre os Índios

Coordenação de Ricardo Ventura

VOLUME IV

POESIA E TEATRO

Coordenação de João Bortolanza