Embaixada italiana desmente ‘Veja’ e nega plano de asilo a Lula

 “As informações referentes à embaixada e às supostas conversas do Embaixador Raffaele Trombetta são inverídicas”, diz nota divulgada pela representação italiana
 
  A embaixada italiana no Brasil  divulgou  nota em que desmente reportagem de capa daveja última edição da revista Veja de que estaria participando de um plano para conceder asilo ao ex-presidente Lula, que, com isso, escaparia de prisão. Segundo a representação, os fatos são “totalmente inexistentes”.

A reportagem de Veja também foi ironizada pela página do ex-presidente Lula no Facebook. “Não satisfeita em virar piada no Brasil, Veja resolveu passar vergonha em escala internacional. Fez uma reportagem de capa fantasiosa, para dizer o mínimo, e inventou que o ex-presidente Lula estaria planejando fugir para a Itália para evitar ser preso, com a ajuda da embaixada daquele país”, diz o texto.

Confira a tradução da nota da embaixada italiana:

Em relação à matéria “O plano secreto” publicada na última edição da revista Veja, a Embaixada da Itália declara:

1. As informações referentes à embaixada e às supostas conversas do Embaixador Raffaele Trombetta são inverídicas.

2. Relativamente ao evento no Palácio do Planalto, a pessoa destacada na fotografia e sentada em uma das primeiras fileiras não é o Embaixador Trombetta, como pode-se constatar facilmente. O Embaixador Trombetta estava sentado, junto a todos os demais embaixadores, no espaço reservado ao corpo diplomático.

3. Na conversa telefônica citada, foi dito ao jornalista que não se queria comentar fatos que, no que tange à embaixada, eram e são totalmente inexistentes.

vejamente