Requião anuncia 30 votos contra o impeachment

Por Esmael Morais

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) reuniu-se ontem (7) à noite num jantar com 30 senadores contrários ao impeachment de Dilma Rousseff.

O anúncio caiu como uma bomba horas antes da comissão do impeachment começar, que começa ouvir às 11 horas desta quarta (8) as testemunhas indicadas pela acusação no Senado.

Para enterrar de vez o afastamento da presidente eleita serão necessários 27 votos. Na votação pela admissibilidade do impeachment, em 12 de maio, foram 22 senadores contrários e 55 favoráveis.

Requião revelou que o grupo convergiu para a realização de novas eleições diretas ainda este ano.

“Num jantar com 30 senadores esta noite, estupefatos com últimos acontecimentos, convergimos para eleições diretas muito logo. Povo decide!”, tuitou.

O senador paranaense pertence ao dito “núcleo desenvolvimentista” no Congresso, isto é, que vê saída para a crise numa forte economia voltada para a produção ao invés da especulação rentista do mercado financeiro.

O Blog do Esmael vai transmitir ao vivo, a partir das 11 horas, a sessão da comissão do impeachment no Senado.

Saiba mais

Pedidos de prisão podem dar força às novas eleições

logo