AÇÕES DA DEFENSORIA DA PÚBLICA DA UNIÃO, DE VITIMAS E NOTA DO MPF: COMEMORAR A DITADURA É CRIME.

A Defensoria Pública da União e o Ministério Público Federal questionaram a ordem do presidente Jair Bolsonaro para que as Forças Armadas comemorem, neste domingo (31/3), os 55 anos do golpe militar de 1964. Para as entidades, a medida viola princípios constitucionais e pode configurar ato de improbidade administrativa. A determinação de Bolsonaro foi confirmada… Leia mais AÇÕES DA DEFENSORIA DA PÚBLICA DA UNIÃO, DE VITIMAS E NOTA DO MPF: COMEMORAR A DITADURA É CRIME.