Para historiadora, intervenção militar no Brasil “não pode mais ser descartada”

Por Lúcia Müzell Os comentários recentes da cúpula militar do Brasil sobre a situação política levantaram dúvidas sobre até que ponto o país está livre de uma ação das Forças Armadas para tomar o poder. No alto do cargo de secretário de economia e finanças do Comando do Exército, o general Antonio Hamilton Mourão discursou sobre “derrubar esse… Leia mais Para historiadora, intervenção militar no Brasil “não pode mais ser descartada”

Conversas com Leonardo Boff: “O golpe está desmontando a nação”

Neste ano, o Brasil vive as consequências funestas do golpe midiático-jurídico-parlamentar perpetrado em 2016 contra a Presidenta Dilma Rousseff. Em um cargo ilegítimo, Michel Temer (PMDB) continua empenhado em desmantelar os direitos de trabalhadoras e trabalhadores de todo o país com suas “reformas” trabalhista e previdenciária. Para comentar a crítica situação política do país, o… Leia mais Conversas com Leonardo Boff: “O golpe está desmontando a nação”

Assista ao depoimento de Lula a Moro em 19 minutos e o discurso de Lula em Curitiba. Acesse a íntegra do depoimento.

Assista ao resumo das mais de 5 horas do depoimento do ex-presidente Lula ao juiz de primeira instância de Curitiba! Assista agora ao resumo das mais de 5 horas do depoimento do ex-presidente Lula ao juiz de primeira instância de Curitiba! E, por favor, compartilhe e convide toda a sua rede para assistir e saber… Leia mais Assista ao depoimento de Lula a Moro em 19 minutos e o discurso de Lula em Curitiba. Acesse a íntegra do depoimento.

O golpe de classe jurídico-parlamentar como farsa e tragédia

Leonardo Boff A euforia dos golpistas que tiraram do poder uma presidenta legitimamente eleita com a forçação de argumentos jurídicos, terminou em poucas semanas. Agora que se conhecem as tramoias, nota-se a farsa que se transformou em tragédia nacional. Ocupam a cena, um presidente ilegítimo, fraco e parco de luzes, grande número de ministros e… Leia mais O golpe de classe jurídico-parlamentar como farsa e tragédia

O golpe parlamentar como assalto ao bem comum

Por Leonardo Boff Um dos efeitos mais perversos do golpe parlamentar, destituindo com razões juridicamente questionáveis pelos juristas mais conceituados de nosso país e também do exterior, foi impor um projeto econômico-social de ajustes e de modificações legais que significam um assalto ao já combalido bem comum. O golpe foi promovido pelas oligarquias endinheiradas e… Leia mais O golpe parlamentar como assalto ao bem comum

Entrevista com Haddad: ‘É preciso um projeto que dialogue com os que sentirão os danos do golpe’

Haddad defende a formação de um polo progressista em torno de um projeto nacional. “Temos de adensar os setores democráticos da sociedade, e desafiar o desmonte do pacto Constitucional de 1988” São Paulo – A partir deste janeiro, o cientista político Fernando Haddad se apresenta à Universidade de São Paulo para reassumir sua cadeira de… Leia mais Entrevista com Haddad: ‘É preciso um projeto que dialogue com os que sentirão os danos do golpe’

Desobediência civil tende a aumentar com avanço autoritário sobre direitos

 O desrespeito às conquistas sociais, por meio da austeridade contra os trabalhadores e os mais pobres, podem impulsionar a estratégia de luta que foi adotada por Mahatma Gandhi e Martin Luther King Protestos pacíficos individuais ou coletivos, por meio do descumprimento de ordens – a chamada desobediência civil –, deverão se tornar mais comuns com… Leia mais Desobediência civil tende a aumentar com avanço autoritário sobre direitos

Em 6 meses, o Brasil ficou menor, injusto, menos democrático e irrelevante

Por Emir Sader Bastaram poucos meses para que o governo golpista dissesse a que veio: a desmontar o que de melhor havia sido feito neste século, no Brasil. O Estado brasileiro está sendo reduzido às suas proporções mínimas, deixando de garantir o patrimônio público, os direitos sociais, a soberania internacional. Tudo que o governo toca,… Leia mais Em 6 meses, o Brasil ficou menor, injusto, menos democrático e irrelevante